ASTRAL

Outra coisa que acontece quando se envelhece e é importante é a fuga da tristeza.
A maioria dos velhos vive se queixando da vida, fuja deles. O bom astral é muito importante quando se fica mais velho. Quando voce só “mia” as pessoas tendem a se afastar.
Cada um tem seus problemas, para ter que se preocupar com o dos outros.
Eu, um dia falei para uma amiga: quando eu digo….”oi como vai?”, nao é para voce me contar todos os seus problemas, e sim, dizer…. “tudo bem”… e depois com o tempo, se voce for amiga mesmo, pode ir contando e recebendo apoio ou nao.
O que é serio para uns nao é para outros. Logicamente, é melhor ter saude em um Mercedes do que ser doente em um onibus.

Anúncios

CASAMENTO x ENTERRO . parte 2 – enterro

Ponho uma calça escura, um blazer, blusa branca, mocassim e vou para o velório.
Abraço os familiares, sento-me quietinha perto do caixao e rezo pelo defunto.
Saio para tomar um café numa daquelas maquinas, volto, fico mais um pouco com a viúva ( geralmente a mulher é quem fica) e, em mais ou menos uma hora posso ir embora, ao invés das quatro horas do casamento.
Conclusao: logicamente nao estou me referindo a casamento de netos, sobrinhos e afins, ou enterro de familiares, pois aí entra a emoçao, seja ela de alegria ou de tristeza, o que muda todo o panorama…

CASAMENTO x ENTERRO . parte 1 – casamento

Quando digo que prefiro um enterro a um casamento pensam que estou fazendo genero, mas raciocinem comigo.
Primeiro, o vestido: geralmente é aquele pretinho basico, tao amigo que voce abre o armario, assobia e ele sai contente porque vai passear, quando requer mais que ele, complica.
Segundo, os sapatos: logicamente é aquele preto, reservado só para essas ocasioes, com salto, no qual voce anda quinze metros e já está com dor nas costas, nos pés e parecendo que está pisando em ovos com medo de cair.
Terceiro, cabelereiro: 99% das pessoas idosas tem cabelo curto, todas mais ou menos iguais, mas tem que faze-los mais unhas e pés se for usar uma sandalia ou, se cair e torcer o tornozelo ( imagine tirar o seu pisante e voce com unhas quebradas e calos).
Quarto, maquilagem: faço ou nao ? se fizer com uma profissional posso ficar parecida com umavelha de mascara ou um travesti. Se eu mesma fizer, sou eu mesma um pouco mais caprichada.
Agora, a conduçao: se eu for guiando como estacionar e sair com as jóias que ainda me restam ? com medo até de ficar sem elas, com salto nao dá nem para correr. A bolsa mal dá para levar um lenço, um batom, cogarro, chaves de casa, e uma nota de cincoenta para um taxi eventual. O presente já foi visto, quase sempre acima das suas posses e coisas que voce nao escolheria.
O casamento é as 20hs, chego as 20.10, sempre muito pontual e sento num ponto estrategico. A igreja está vazia, rezo um pouco, sento e penso que poderia ter trazido minhas palavras cruzadas para passar o tempo. Olho o relogio, sao 20.20… começo a olhar as pessoas que chegam, 99% das mulheres de vestido preto, duas de branco, oito de vermelho. as mocinhas de cabelo escorrido, as medias de coque e as velhas de curto. 20:40hs, já vi todo mundo, cumprimentei algumas , sorri para outras e tento sair do foco do fotografo que vai de banco em banco filmando…21hs ! Vejo algumas madrinhas entrando, fico toda animada, parece que agora vai… 21:15 chega a noiva, finally! Vestido branco, véu e bouquet de flores nas maos tremulas. As feias conseguem ficar muito bem, quase bonitas. as bonitas ficam lindas.
Hoje em dia é uso e costume terem 8/10/12 padrinhos de cada lado, masi os pais dos noivos, é um exercito no altar. O padre fala, o noivo fala, a noiva fala, nao se escuta nada pois os convidados falam ainda mais. Estou com fome! devia fazer como Scarlett O’Hara em “O vento levou” que sempre comia alguma coisa em casa antes de ir a alguma festa.
Acabou a cerimonia! os noivos vao cumprimentar os padrinhos e levam mais ou menos meia hora…nesta hora só penso na minha camisola, meu chinelo e meu sofá.
Vamos para a festa. Sentamos numa mesa com 5 ou 6 idosas (para nao falar velhas), pegamos uma taça de prosecco, finge que é champagne e esperamos passar os salgadinhos.Mas agora nao é mais assim:inventaram as “ilhas de comida”! voce tem que ir lá para comer alguma coisa. Se voce for a primeira a se levantar, pode estar certa que as outras vao pedir alguma coisa. E lá vem voce de volta com um pratinho cheio de pate, queijos, salmao, etc e quando voce chega na mesa somem dos seu olhos.
Tenta-se conversar mas como a musica é alta e metade é surda nao se consegue nada.
23hs acendem-se os rechauds, comida a vista! a fila do INSS se forma em tempo recorde. Lá vou eu de novo. O primeiro prato do buffet geralmente é uma salada,nao quero. Salada eu como em casa. Passo para o seguinte: uma massa. Nao gosto de molho de tomate, sigo em frente. Um peixe… e se tiver espinhas e eu nao enxergar ? finalmente um risoto e um franguinho se passando por peru ou codorna. O garçon me serve e eu volto para a mesa, e eu, mesmo que queira mais, nao enfrento a fila de novo.
Começam as danças: voces já repararam como é ridiculo as pessoas se requebrando? a nao ser que sejam profissionais ou muito jeitosas. A musica está mais alta e ficamos todos com cara que estamos nos divertindo, e pensando só na nossa caminha.
Meia noite: vou virar abobora e perder meus sapatos na escadaria. Vou até a mesa de doces, nao é o meu forte mas geralmente sao muito bem arrumados. Quando consigo, saio com algum Cristo que me leva para casa, onde chego cansada, com dores nos pés, nas costas e de cabeça. Tiro toda a parafernalia e me estico. Estou em casa!

PELE

Voces já viram pele de gente idosa? Alem das manchas, veias saltadas, pintas, verrugas, a pele parece que está solta. Se voce quiser puxar a pele, ela estica e depois volta toda enrugada. E as pelancas entao ! Se voce puser sal na comida, ou der um adeus mais caloroso as banhas do braço tremelicam feito geléia. Entao, no maior calor, voce tem que usar manga curta, e nada de colocar um decote mais ousado pois o pescoço e adjacencias estao horriveis.
Nao sei porque as maos se transformam em garras e as unhas do pé encravam. A gente fica cheia de manchas e coceiras. A pele fica seca e a gente se coça que nem cao sarnento. Nao adianta passar creme ( eu passo na mao toda noite), sao as marcas da velhice.
O soldado tem cicatrizes das batalhas, e a gente tem cicatrizes de uma vida. No rosto ainda dá para disfarçar com base pó blush.. mas nao dá para besuntar o corpo inteiro todo dia ( que dá dá, mas e a preguiça ?)

TOMBOS

Geralmente velho quebra o femur. Nao sei por que, mas é a parte mais visada. Nao sei se é porque velho cai, porque está distraido, porque enxerga mal, porque as calçadas sao todas esburacadas, enfim, muitas razoes. Outro dia eu tropecei em um degrauzinho com 5 cm de altura. Sabe aqueles filmes da floresta, quando um lenhador berra …”madeiraaa”!!! e lá vem a arvore arrastando tudo pelo caminho, quebrando galhos, etc … Era eu !
Alem da vergonha, porque aí sua bolsa cai tambem, e como está sempre aberta esparrama tudo pelo chao: caixa de oculos, cigarro, carteira, lenço ( sim, ainda sou a unica pessoa do universo que usa lenço), escova de cabelo, chave do carro, baton, fio dental, remedios, enfim tudo que cabe em bolsa de mulher e a minha é sempre grande.
Daí vem o socorro: geralmente 3 ou 4 pessoas bem intencionadas, que vem te ajudar a levantar…”nao quero, só preciso de um pouco de calma, para por os ossos no lugar”… e depois é só chamar o guindaste e o trator para te por de pé.
Acho que depois de uma certa idade, voce arrasta os pés. Se puserem um pano embaixo do seu sapato, o chao da sua casa vai ficar brilhando… Enfim quando virem uma idosa cair, desde que ela nao tenha quebrado nada, deixe-a respirar um pouco, assumir sua vergonha, e depois levante-a. E ajude-a a recolher tudo que está espalhado no chao, e ponha tudo perto dela, senao ela vai abaixar para catar as coisas e pode ser que nao levante mais !

qualidade de vida

Qualidade de vida . O que é isto?
Nao pode ser sentar numa rede, lendo um bom livro, tomando uma cerveja ( ou caipirinha, ou qualquer outra coisa), comendo uma mandioca frita, fumando um cigarrinho num lindo por de sol ?
Nao preciso nem de musica, basta ter algumas ondas quebrando de mansinho.
Ou é se matar de andar, jogar tenis, fazer musculaçao, bicicleta, alongamento, nadar e sair suando ( ai que nojo!) vermelha com o coraçao na boca e precisando de um bom tempo para se recuperar de tanto esforço. E depois se regalar com uma bela salada ( sem muito tempero), grama verde, grama escura, alfafa, alpiste, etc… e sair dizendo: ai, que vida boa, que qualidade de vida! meu cinto diminuiu um furo! para que mesmo ?

a velhice é uma merda

Tenho 75 anos e meio. Gosto de dizer que tenho 76 para arredondar, é tao mais facil.
Sao ridiculos esses preços, de $89,90. Nao é mais facil dizer $ 90,00 de uma vez ? Quem tem 10 centavos para troco ?
Voltando à idade: tenho uma amiga que nasceu como eu, em 1933. Ela me perguntou: Nena, vamos fechar o ultimo 3 e transformamos em 8…ganhamos 5 anos (!). Mas o que que é melhor ?! ter 75 e dizerem…- ela até que está bem para tanta idade, ou ter 70 e dizerem…- ela está acabadinha, coitada…
Eu ando, nado, guio, leio muito, jogo tranca, trabalho para os pobres, adoro cinema ( nao tanto teatro), vejo pouca TV e nao gosto de computador. Nao sou da era dos botoes.
Mesmo assim, acho a velhice uma merda! Porque? Estou na idade do “condor”: tenho dor nas pernas, nas costas, na cabeça, tropeço bastante e ando irritada com as pessoas frequentemente.
Nao estou me queixando nao, estou constatando. Dizem que velhice é um estado de espirito…mentira!
Eu ainda quero fazer coisa mas, veja só: quando eu ando, eu tropeço; quando entro na piscina tem que ser pela escadinha, e já nao consigo abaixar para pegar as coisas. De noite, para guiar, já é mais dificil:os farois me cegam ( uso oculos muito fortes) e para entrar e sair do carro há uma certa dificuldade.
Tem algumas vantagens, mas elas sao relativas. Na fila do cinema passo na frente, porem voces já pegaram a fila de idosos no banco ? Demoram duas vezes mais que as comuns. Já falei para o gerente que com a expectativa de vida aumentando, precisam colocar duas caixas para idosos ao invés de uma só.
Qualquer dia ainda vou andar de onibus só para nao ter que pagar.